Nossas Novidades

Fique por dentro de nossas novidades

Pouca saliva causa mau hálito?

Muita gente não dá a devida importância para a saliva, porém, ela possui várias funções para a nossa saúde bucal. Saiba quais

A saliva tem várias funções: digestiva, lubrificante, solvente, de defesa, de limpeza, tamponante, remineralizante e excretora.

Devido à sua viscosidade, a saliva envolve o alimento, lubrificando-o e facilitando sua deglutição e tem a função de proteção – além das proteínas protetoras que revestem a cavidade bucal, há diversas substâncias, como as lisozimas, que combatem bactérias. Além disso, ela possui anticorpos e dissolve o alimento, permitindo que as papilas gustativas identifiquem o sabor.

Por que a saliva é tão importante?

A saliva tem papel importantíssimo na gustação, mastigação, deglutição e fala, em razão do papel de lubrificante da cavidade oral. Além disso, várias enzimas que compõem a saliva atuam como antimicrobianos.

 

O que acontece quando temos um desequilíbrio na produção de saliva?

Cáries, gengivite, infecções bucais por fungos, retenção prejudicada de próteses, disfagia, disgeusia (alteração do paladar), e mau hálito.

 

A falta ou excesso de saliva causa mau hálito?

Sim, a falta ou diminuição da saliva contribui para alteração do hálito, pois ela auxilia na formação da saburra lingual e descamação da boca. 

 

Como tratar a disfunção na produção de saliva?

É preciso descobrir os motivos da disfunção por meio da anamnese e exames individuais. Assim, avaliamos a condição bucal, medicamentosa, sistêmica, de hidratação, uso de lubrificantes e hidratantes bucais, laserterapia e eletroestimulação nas glândulas salivares.

 

Como saber se tenho problemas na produção de saliva?

Exames no consultório e laboratoriais com dentista capacitado em halitose, como sialometria e exames de imagem: cintilografia e ultrassonografia das glândulas salivares, identificam o problema. 

Fonte: Terra Saúde